Circuito CPFL leva João Carlos Martins e Camerata Bachiana a Boituva

Cultura 17 jul / 2018 às 21:17

Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura ProAc, concerto “Na Roda com o Maestro – Uma homenagem a Johann Sebastian Bach” é gratuito

 

 

Um dos nomes mais respeitados no cenário musical do Brasil por seu talento como pianista e regente, o maestro João Carlos Martins fará uma apresentação especial gratuita, aberta ao público, com a Orquestra Camerata Bachiana, no dia 28 de julho, sábado, às 20h, na Praça Cel. Antônio Franco, em Boituva (SP). O espetáculo é a atração principal da 13ª edição do Festival de Inverno de Boituva, o maior evento da cidade. Conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Boituva e faz parte do Circuito CPFL – projeto do Instituto CPFL que, em 2018, levará atividades culturais, esportivas e sociais a cerca de 100 municípios do interior de seis estados.

 

“Estamos em constante processo de formação e incentivo às bandas sinfônicas, coros, orquestra de cordas e regência em nossa cidade. A referência que será trazida para esses alunos de música será impar e fundamental em seus estudos. Somos privilegiados ao receber um concerto do maestro João Carlos Martins e a Bachiana”, comenta Rodrigo Calzzetta Freire, secretário de Cultura de Boituva.

 

João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano na infância e, aos 13 anos, começou sua carreira no Brasil. Cinco anos depois ganhou projeção no exterior. Aos 20 anos, estreou no famoso Carnegie Hall, em Nova York, em apresentações patrocinadas pela então primeira dama dos Estados Unidos, Eleanor Roosevelt.

 

O maestro passou por dois incidentes que poderiam ter posto fim à sua carreira musical. Em 1966, aos 26 anos, sofreu uma lesão no braço quando jogava uma partida de futebol em Nova York, que o manteve afastado dos palcos por sete anos. Quando retornou as atividades, gravou a obra completa de Bach. Em 1995 foi ferido num assalto na Bulgária e ficou com o lado direito do corpo paralisado. Vítima da síndrome de movimentos repetitivos, encerrou a carreira de pianista aos 63 anos, mas não deixou o universo da música. Estudou regência, fundou a Filarmônica Bachiana Jovem em 2006 e hoje é regente e diretor-artístico da Bachiana Filarmônica SESI-SP.

 

Hoje, João Carlos Martins causa orgulho por onde passa. “O maestro é uma figura de grande destaque no meio musical, com grandes trabalhos em orquestras, onde executou muitas obras da música clássica nos palcos do Brasil e do mundo. Recebê-lo em Boituva é de extrema valia”, acrescenta Freire.

 

Camareta Bachiana

A Orquestra Bachiana Filarmônica apresentou-se pela primeira vez em 2004, em São Paulo e, depois disso, com um repertório que inclui sinfonias de Beethoven, Brahms e Tchaikovsky, esteve nas mais importantes salas de concerto do Brasil e do mundo.

 

Em 2006, com objetivo de trabalhar na evolução musical de jovens musicistas e democratizar a música clássica com apresentações em espaços variados, João Carlos Martins fundou a orquestra Bachiana Jovem. Em 2010, as duas orquestras se fundiram formando a Bachiana Filarmônica SESI-SP, um grupo que reúne músicos profissionais, orientadores e jovens musicistas. É uma das mais importantes orquestras da iniciativa privada do Brasil, mantendo os ideais que deram origem à Bachiana Filarmônica e à Bachiana Jovem.

 

O termo Bachiana remete à riqueza musical do Brasil, numa homenagem ao imortal maestro e compositor Heitor Villa-Lobos, autor das célebres Bachianas Brasileiras, e à Johann Sebastian Bach. A Camerata Bachiana, parte da Fundação Bachiana Filarmônica, é formada por viola, cello, oboé, clarinete, fagote, flauta, percussão e dois violinos.

 

A apresentação é viabilizada pela lei de incentivo à cultura ProAc, com patrocínio da CPFL Energia, apoio da Prefeitura Municipal de Boituva e produção da D’color Produções Culturais.

 

Sobre o Festival de Inverno de Boituva

 

O tradicional Festival de Inverno de Boituva é o maior evento da cidade. Com formato artístico e pedagógico, visa fomentar e difundir a cultura local por meio do acesso gratuito à arte clássica, erudita e popular. Para isso, conta com apresentações e intercâmbios entre orquestras, cameratas, bandas sinfônicas, coros, violeiros, escolas de músicas, performances, duos, quartetos, aulas gratuitas, oficinas para crianças, oficinas sociais, entre outras atividades oferecidas à população, sempre respeitando a ética e garantindo a pluralidade.

 

Além da proposta cultural e educacional, o Festival de Inverno trabalha o lado social. Assim, ele conta com uma praça de alimentação formada por entidades do município, como asilo, APAE, NUTI, Fundação Crescer Criança, Hospital São Luiz, entre outros. Todo o valor arrecadado é convertido integralmente para essas entidades, de modo que a cultura promova apoio direto à assistência social. Atualmente, o Festival recebe cerca de 400 a 500 artistas e um público estimado entre 15 e 20 mil pessoas de Boituva região.

 

 

Sobre o Instituto CPFL

O Instituto CPFL, plataforma de investimento social privado do Grupo CPFL, em Campinas, completa 15 anos de atividades em 2018 com a missão de integrar os programas culturais, sociais e esportivos da companhia em uma única rede, transformando por meio do conhecimento as comunidades onde atua. 

As transmissões e o acervo online dos encontros do Café Filosófico CPFL são disponibilizados no Youtube, no site, no app institutocpflplay e no Facebook. O programa editado é exibido aos domingos, às 21h, na TV Cultura.

Além das atividades difundidas na TV e nas plataformas digitais, o Instituto CPFL ampliará em 2018 o Circuito CPFL, projeto de abrangência nacional que promove gratuitamente em diversas cidades sessões de cinema, concertos, corridas e passeios ciclísticos. Irá ampliar também as ações sociais voltadas ao fortalecimento da cidadania.

O ano de 2018 representa um marco da expansão desta rede, com iniciativas em cerca de 100 municípios de seis estados, alcançando um público presencial estimado de 60 mil pessoas. Saiba mais em http://institutocpfl.org.br

 

Sobre a D’color Produções Culturais

Empresa de Campinas (SP) focada em assessoria, planejamento e execução de projetos culturais em parceria com diversos segmentos através de leis de incentivo. Possui a missão de fomentar a cultura no Brasil e disseminá-la para o maior número de pessoas.

 

 

Serviço:

 

Na Roda com o Maestro – Uma homenagem a Johann Sebastian Bach

Maestro João Carlos Martins e Camerata Bachiana

 

Data: 28 de julho

Horário: 20h

Local: Praça da Matriz – “Praça Cel. Antônio Franco” – Boituva/SP

Classificação Livre

Evento gratuito

 


Mais Notícias